Menu Content/Inhalt
Pré-escolar: Preparação para a escola
 
Ensino a distância
A Escola Móvel surgiu como um projecto de ensino a distância, com recurso a uma plataforma tecnológica de apoio à aprendizagem de alunos filhos de profissionais itinerantes dos 2º e 3º ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário, tendo-lhe sido atribuído o estatuto de escola pública em 2009.

A Escola Móvel surgiu como um projecto de ensino a distância, com recurso a uma plataforma tecnológica de apoio à aprendizagem de alunos filhos de profissionais itinerantes dos 2º e 3º ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário, tendo-lhe sido atribuído o estatuto de escola pública em 2009. O trabalho realizado até ao presente permitiu desenvolver uma matriz curricular e uma oferta formativa específica, acompanhadas da produção de recursos pedagógicos, que resultam do contributo de um conjunto alargado de docentes, técnicos e parceiros, mas também de um investimento financeiro significativo.

No ano lectivo 2010/2011, mantém-se a oferta formativa de ensino a distância, da responsabilidade da Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular, sendo extinta a entidade institucional Escola Móvel. A optimização dos recursos humanos, o desenvolvimento da qualidade dos recursos pedagógicos e a inovação do processo permitirão a sustentabilidade na escola pública do serviço educativo de ensino a distância.

Com esta medida pretende-se:

  • assegurar condições de aprendizagem e conclusão da escolaridade obrigatória a alunos itinerantes, matriculados nos 2º e 3º ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário, em escolas públicas, mediante a oferta de uma matriz curricular própria;
  • manter a metodologia de ensino a distância por via síncrona e assíncrona, garantida por um número adequado de docentes que desempenhem as funções de professores e tutores;
  • incrementar o desenvolvimento de conteúdos curriculares multimédia de apoio às aprendizagens;
  • disponibilizar a estes alunos itinerantes escolas de referência, em diversos pontos do país, que permitam em momentos presenciais a sua socialização e integração, acompanhamento dos seus percursos de aprendizagem, a frequência das disciplinas de Educação Física e de Educação Musical e a realização de exames.
  • garantir o acesso a recursos instalados nessas escolas de referência, designadamente biblioteca escolar, equipamentos desportivos e infra-estruturas tecnológicas;
  • reforçar a cooperação com as entidades parceiras desta oferta educativa;
  • disponibilizar os recursos pedagógicos para outros contextos e públicos;
  • assegurar o acompanhamento e avaliação desta oferta educativa.

Durante o próximo ano lectivo, o ensino a distância com a matriz curricular específica, permitirá o prosseguimento de estudos para os 80 alunos itinerantes que o frequentaram em 2009/2010.

As jovens apoiadas pela Associação Ajuda de Mãe poderão continuar a beneficiar desta oferta educativa, nas mesmas condições.

A coordenação científica e operacional do "Ensino a distância para a itinerância" será assegurada pelo Professor Doutor Fernando Albuquerque Costa, do Instituto da Educação da Universidade de Lisboa, reputado especialista em utilização das tecnologias de informação e comunicação na educação e formação.

Fonte: Portal de Educação

 
< Anterior   Próximo >